sábado, 7 de outubro de 2017

PRESIDENTE DA CÂMARA DE IPUEIRAS NÃO ACEITA ABRIR CPI.



O Presidente da Câmara de Ipueiras determina o arquivamento de criação de CPI - Comissão Parlamentar de Inquérito proposta pela Vereadora Indira do Neném Pereira. 

A CPI tinha como objetivo apurar fatos relacionados a suposta participação do Vereador José Egberto Morais; do Secretário Municipal de Administração e Finanças João Paulo Catunda Pinho e sua esposa Dhaiena de Aragão Bezerra Pinho, que tiveram seus nomes mencionados em Ação Civil Pública Nº 0344-11.2017.8.06.0096, proposta pelo Ministério Público do Estado do Ceará, que tem como requeridos o atual Prefeito Raimundo Melo Sampaio e o atual Chefe de Gabinete Lourival Bezerril da Silva, onde são relatadas supostas irregularidades na contratação de empresas em situação irregular, nomeação de funcionários fantasmas, entre outros atos ímprobos.

De acordo com o Presidente da Câmara de Ipueiras o pedido de CPI proposto pela Vereadora Indira do Neném Pereira deve ser arquivado porque a Câmara Municipal de Ipueiras não possui condições administrativas de processar dois pedidos de CPIs. 

Por este motivo o pedido de CPI não foi recebido e sumariamente arquivado. 


sexta-feira, 6 de outubro de 2017

VEREADORA INDIRA JÁ EXIGIU DA PREFEITURA DE IPUEIRAS CALÇAMENTO PARA A LOCALIDADE AREIAS.



A comunidade de Areias há décadas sofre com a falta de infraestrutura, em especial a ausência de um calçamento capaz de minimizar os transtornos da população.

No dia 22 de setembro de 2017, aconteceu a 1ª Reunião do projeto "Voz Ativa, Comunidade Viva", onde um de seus objetivos é exatamente atender aos reclames da população. De acordo com a população das Areias e região vizinha, um dos principais problemas é a falta de um calçamento, em seguida foi reclamado a falta água que está acontecendo na localidade de Guaribas de Cima e por último a questão do Posto de Saúde das Areias que funciona pela metade.

Por conta disso a Vereador Indira do Neném Pereira já entrou com um Ofício junto ao Secretaria de Obras exigindo que a administração pública de Ipueiras providencie com a máxima urgência um calçamento em frente a Escola Municipal José Soares Cavalcante, bem como, 'quebra-molas', tudo com intenção de facilitar a vida dos estudantes. 



Os vereadores de oposição também já estão implementando medidas para acabar com a falta de água nas Guaribas de Cima, bem como, estão investigando como anda o funcionamento do Posto de Saúde das Areias para depois tomar as medidas cabíveis. 


O projeto "Voz Ativa, Comunidade Viva" irá percorrer todo o Município de Ipueiras, e o seu objeto principal é conhecer as dificuldades para depois exigir da Administração Municipal a solução dos problemas.   



sábado, 30 de setembro de 2017

LEIA O QUE A MÍDIA DE IPUEIRAS NÃO DIVULGA.


Jornalista tem que ter partido, ser tendencioso, parcial, ou tem que ser ético, apartidário, não tendencioso e parcial? Eis a questão.

Recentemente a rádio VOX de Ipueiras anunciou que o Vereador Marcelo seria afastado, por algo completamente estranho ao exercício de Vereador. A notícia não tem fundamento, nem respaldo legal, é falsa e não existe nada na Câmara Municipal sobre este assunto, mas a rádio divulgou porque Marcelo tem resgatado o valor do legislativo e isso tem desagradado alguém. Quem será?

Sabe-se que dois Vereadores da base do Prefeito Ipueiras são acusados formalmente numa Ação Civil Pública proposta pelo Promotor de Justiça. A Juíza de Ipueiras já aceitou a denúncia, e nunca a rádio VOX divulgou que estes dois Vereadores são acusados de receber diárias(dinheiro) de forma fraudulenta da Câmara Municipal.  

A mídia local não divulga a informação que na sessão legislativa de Ipueiras do dia 27.09.2017, foi criada pelos vereadores de oposição uma CPI - Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar os desvios de dinheiro do SAAE; a contratação de funcionários fantasmas tanto no SAAE como na Prefeitura.

Não foi divulgado que a Juíza de Ipueiras, recentemente, deu uma decisão aceitando uma ação de improbidade administrativa feita pelo Promotor de Justiça onde o Atual Prefeito de Municipal de Ipueiras, e de seu Chefe de Gabinete são acusados de praticarem os seguintes crimes: 

I - NOMEAR FUNCIONÁRIOS FANTASMAS; 
II - CONTRATAR EMPRESAS DE FACHADAS; 
III - BENEFICIAR PARENTES E CABO ELEITORAIS; 
IV - DESVIAR DINHEIRO PÚBLICO; 
V - SUPERFATURAMENTO DE BENS; 
VI - CONTRATAÇÃO DE FUNCIONÁRIO SEM A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS; 

O Promotor de Justiça de Ipueiras denunciou, mas a imprensa de Ipueiras não divulgou que, na ação de improbidade administrativa o atual chefe de gabinete do Prefeito, enquanto superintendente do SAAE, pagou ao cunhado do prefeito e atual secretário de finanças o valor de R$55.846,01. Até a esposa do cunhado Prefeito foi beneficiada com o valor de R$6.813,00. Tudo isso é objeto da ação de improbidade administrativa, mas a mídia não divulga.

A mídia de Ipueiras também não divulgou, mas neste mês de setembro de 2017, o Promotor de Justiça de Ipueiras ingressou com 05 AÇÕES DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA contra o Atual Prefeito de Ipueiras, como também, CONTRA O SEU CHEFE DE GABINETE E ANTIGOS SECRETÁRIOS.  

Infelizmente, a imprensa de Ipueiras omite informações, quando não convém ao ponto de vista dela.





  

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

A PEDIDO DE MARCELO MOURÃO CÂMARA DE IPUEIRAS ANULA PROPOSIÇÃO DO LÍDER DO PREFEITO VER. ANTÔNIO DANDÃO.


A Câmara Municipal de Ipueiras, em sessão ordinária realizada em 21 de setembro de 2017, dentre as matérias apresentadas causou bastante polêmica uma proposição verbal de autoria do Líder do Prefeito, Vereador Antonio Carlos de Carvalho (Dandão), com visíveis sinais de despreparo e autocontrole ora requeria uma emenda para o requerimento 19/2017 que propôs formação de uma Comissão Especial com a finalidade de promover estudos sobre a insegurança jurídica no caso do “pó de giz” dos professores aposentados e outrora como requerimento. 

Após calorosos debates o Vereador Marcelo Mourão se posiciona contrário a proposição verbal, chegando inclusive a abandonar o plenário em sinal de protesto, alegando questões antirregimentais, mesmo assim, o Presidente da Casa Vereador Denis Mourão, inclui na pauta a preposição verbal do Vereador Antonio Dandão, pedindo abertura de CPI para apuração de supostas irregularidades na gestão do Fundo de Previdência.

Quem acompanhou a sessão percebeu a ato do Líder do Prefeito na propositura da matéria, que diga-se de passagem ofendeu ao público presente que não poupou vaias e palavras de ordem em prol da categoria dos professores, pois juntamente com a bancada da base aparentavam incômodo em ter que votar a matéria por pressão popular.

Equivocadamente o Poder Legislativo Municipal se utilizando de seu poder discricionário cometeu uma falta gravíssima ao deixar de observar o regimento, que é o regramento básico da Casa e acabou por criar um ato nulo.

Como forma de reparar a falta cometida a Mesa Diretora da Câmara em decisão nunca antes vista baixou o Ato de Portaria 01/2017 em que anula a proposta do Líder do Prefeito Vereador Antonio Dandão, bem como todos os seus efeitos subsequentes.

Procurado pelo Gazeta de Ipueiras o Vereador Marcelo Mourão, diz sentir vítima de perseguição e rechaça de forma veemente a falta de escrúpulos praticados pelo Líder do Prefeito Vereador Antonio Dandão que de forma maquiavélica, juntamente com seus aliados orquestraram um plano para descontruir um trabalho sério de um Vereador que não atende a interesses escusos.

Concluiu dizendo que todo o ocorrido mancha a imagem do poder legislativo, pois não é o que se espera de um órgão colegiado deliberativo com poderes independentes e separados, uma casa legislativa que tem por obrigação merecer a confiança de seus membros e da população deve ter responsabilidade para com os seus atos e observar os ditames legais.

MAURÍCIO MOURÃO: UM PATRIMÔNIO POLÍTICO DE IPUEIRAS.


Na reunião ocorrida na Localidade de Areias, no Projeto "Voz, Ativa, Comunidade Viva", o ex-vereador Maurício Mourão se diz um apaixonado pelo Parlamento e proclamou em alto e bom tom que se Deus lhe proporcionar saúde, ainda pretende retornar a Câmara Municipal de Ipueiras. 

De acordo com a opinião pública, durante a reunião do Projeto "Voz, Ativa, Comunidade Viva", Maurício Mourão fez a diferença ao fazer um discurso forte, sobretudo quando apontou com propriedade os números acerca de algumas irregularidade que estão acontecendo na atual gestão  de Ipueiras. 

Maurício Mourão é um cidadão exemplar e um político com histórico imbatível no Município de Ipueiras. Por décadas representou o povo de Ipueiras na Câmara e nunca contou com uma derrota política. 

É o ícone do PSDB de Ipueiras e, diariamente, recebe amigos e admiradores em sua residência para tratar de Política local e Estadual. Mesmo sem exercer Mandato as portas da casa de Maurício estão abertas o dia inteiro para receber os reclames do povo em relação a falta de zelo com a coisa pública. 

Por ser um profundo conhecedor da ciência política, atualmente Maurício Mourão possui o 'status' de conselheiro dos Vereadores de Oposição de Ipueiras. 


segunda-feira, 25 de setembro de 2017

EM IPUEIRAS, LOCALIDADE DE AREIAS FOI ESCOLHIDA PARA SEDIAR O 1o ENCONTRO DO PROJETO "VOZ ATIVA, COMUNIDADE VIVA".


Aconteceu na sexta-feira, dia 22/09/2017, na localidade de Areias, Zona Rual de Ipueiras, o Primeiro Encontro do Projeto "Voz Ativa, Comunidade Viva".

A reunião contou com a presença da Comunidade de Areias e região vizinha, bem como, dos Vereadores de Oposição de Ipueiras, ex-Vereadores, Presidentes de Partidos, Comerciantes, Servidores do Município e Agricultores. 

Na ocasião o advogado, Dr George Ponte, fez uso da palavra para apresentar o projeto onde foi explanado que primeiramente seria apresentado por meio de um telão o trabalho desenvolvido pelos vereadores de oposição nos primeiros 6 meses. A apresentação arrancou aplausos do público presente. 

O segundo momento do Projeto contou com as palavras dos Vereadores de Oposição e dos Presidentes de Partidos. 

A parte final do projeto foi o momento mais importante. Isso porque foi dado vez a Comunidade para apresentar suas reivindicações. Diversos representantes da Comunidade fizeram uso da palavra, agradeceram a preocupação do grupo político sobretudo dos Vereadores de Oposição que estavam ali para escutar os problemas da comunidade e reivindicar tanto na Câmara Municipal como ao Prefeito e, em último, caso aciona a Justiça por melhores condições de vida para a Comunidade de Areias e região vizinha.  

VITÓRIA DOS PROFESSORES DE IPUEIRAS. OPOSIÇÃO COMEMORA.



Tudo indica que os Professores da rede municipal de Ipueiras não sofrerão mais o corte de 35% dos seus proventos, acreditam os vereadores de oposição de Ipueiras.

É que na Sessão do dia 21.09.2017 a Câmara Municipal de Ipueiras aprovou o requerimento do Vereador Marcelo Mourão e dos vereadores da base de oposição, que querem pôr fim a perda salarial dos Professores no momento de requerer a aposentadoria.

Além dos vereadores de Oposição, o projeto contou com o apoio de dezenas de Professores que se fizeram presentes no dia da sessão. A manifestação dos Professores deu certo e nenhum vereador da base do Prefeito teve coragem de votar contra o requerimento do Vereador Marcelo Mourão.

Não é a primeira vez que os vereadores de oposição partem para a defesa dos Servidores Públicos Municipais. Ainda no primeiro semestre de 2017 os vereadores de Oposição foram contra um projeto de Lei do Executivo que retirava direitos dos Agentes de Endemias e de Saúde. 

Como não houve adesão da categoria dos Agentes de Endemias os vereadores de oposição não conseguiram impedir o prejuízo e a Lei que retira a gratificação dos Agentes foi aprovada pelos demais vereadores de situação que contam com maioria na Câmara Municipal.